Ônibus da vida

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Eu não escolhi gostar de você.


    Nao consigo explicar como está sendo complicado, pra mim, sentir demais. Eu nao escolhi gostar de voce! Se eu pudesse voltar atrás e não te beijar, eu nao te beijaria pra nao ter que passar pelo o que estou passando agora. Só consigo pensar no quanto eu te amei, te amei do meu jeitinho, te amei escondidinho, nao me entreguei e quando resolvi foi um desastre.
    Voce me faz um bem que ninguém no mundo faz, pode ser precipitado, mas minha vontade é de permanecer ao seu lado o resto da minha vida. Voce diz que gosta de mim também, mas pra mim nao está sendo o suficiente e eu nao entendo o porquê. Não pensei que sofreria tanto assim por te amar, não queria que isso acontecesse esse ano, tenho a impressao de que isso pode me atrapalhar, mas voce me faz um bem danado!
   Queria gostar menos de voce, que meu coraçao nao batesse tao forte quando eu fosse te ver. A camiseta condena. Vejo as batidas fortes e rápidas desse coraçaozinho tao sensível. Perdoa o meu exagero, a minha entrega total a um amor proibido. Perdoa a minha sinceridade, as vezes excessiva, quanto aos meus sentimentos, por pensar demais, por ser tao chata mesmo nao querendo ser.
     Essa noite vai ser dificil dormir sem saber o rumo do amanha, sem ter o teu abraço quando a vida resolver nos colocar frente a frente. Ah, quanto eu te amei! Por muito tempo nao reconheci esse amor, nao dessa maneira e quando resolvi o fazer lágrimas de decepçao escorriam pelo meu rosto. Nosso amor era proibido, nós sabiamos, mas eu ia aonde fosse preciso só pra te amar, eu guardei esse amor, eu estava prestes a libertá-lo e agora ele fugiu pra longe, muito longe. Sei que vai ser dificil daqui pra frente, já nao está sendo nada fácil. Eu me entreguei a voce, aos pouquinhos, mas voce nao viu o quao dificil foi pra mim e tudo se perdeu, agora reconheço que fui refém das minhas próprias expectativas.

Giovanna CSilva





Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML